Busca Notícias - Seu Portal de Notícias Online | Veja as primeiras Notícias

Dólar avança em manhã de noticiário escasso

 


Na zona do euro, a taxa de desemprego caiu para 6,4% em novembro de 2023, ante 6,5% em outubro, segundo dados da Eurostat

O mercado de câmbio doméstico iniciou a terça-feira, 9, com alta moderadas, em linha com o cenário internacional, em um ambiente de agenda esvaziada no Brasil e no exterior, e de recesso no Congresso brasileiro.

Na zona do euro, a taxa de desemprego caiu para 6,4% em novembro de 2023, ante 6,5% em outubro, segundo dados da Eurostat. O resultado ficou ligeiramente abaixo expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam manutenção da taxa em 6,5%.

A Eurostat calcula que havia 10,97 milhões de desempregados na zona do euro em novembro. Em relação a outubro, o número de pessoas sem emprego na região teve queda de 99 mil.

O dirigente do Banco Central Europeu (BCE) e presidente do BC de Portugal, Mário Centeno, defendeu que o momento de relaxar a política monetária da zona do euro está mais próximo do que o previsto.

"Não precisamos esperar até maio para tomar uma decisão", afirmou ele, em entrevista à Econostream Media divulgada hoje. Segundo o dirigente, ainda não é possível dizer quando um corte de juros poderá ocorrer, devido à postura dependente de dados do banco central.

Por aqui, entre os poucos destaques da manhã está o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que recuou 0,67% na primeira prévia de janeiro, após cair 0,26% na mesma leitura de dezembro, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Às 10h21, o dólar à vista era cotado a R$ 4,8924, em alta de 0,46%. O dólar futuro para fevereiro avançava 0,45%, aos R$ 4,9065.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem