Busca Notícias - Seu Portal de Notícias Online | Veja as primeiras Notícias

Espanha: Menina com doença incurável vive em hospital após ser abandonada

 

Profissionais de saúde de Salamanca, em Espanha, tratam da criança desde que ela tinha 11 meses

Uma menina de dois anos, que foi abandonada pelos pais, vive no Hospital Universitário de Salamanca, na Espanha, desde os 11 meses, por sofrer de uma doença incurável que exige acompanhamento médico 24 horas por dia.

A criança, que está à tutela da Junta de Castela e Leão, está internada na Unidade de Cuidados Intensivos há mais de um ano, conta o La Razón. Desde essa época que os profissionais de saúde a tratam como "parte da própria família", como contou o chefe do serviço de pediatria do hospital ao mesmo jornal.

"A relação que estabeleceram com ela é especial e cheia de carinho", revelou ainda Eduardo Consuegra.

Apesar da mobilidade limitada e maior propensão a doenças respiratórias, os profissionais de saúde têm tentado proporcionar-lhe momentos especiais. Fizeram-lhe uma cauda de sereia para o seu aniversário e a levam à piscina com os filhos sempre que podem. Ao longo do tempo têm também tirado fotografias e documentado a sua vida no hospital para que, no futuro, a menina saiba como decorreram estes dois anos.

O maior desejo dos médicos e enfermeiros do hospital é que a criança encontre uma família que a acolha e os Serviços Sociais já estão trabalhando nesse sentido. De acordo com Eduardo Consuegra, várias famílias já mostraram interesse em adotá-la, contudo, este é um processo que levará mais tempo do que o normal, uma vez que a doença da menina é "vitalícia e exige cuidados constantes".

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem