Busca Notícias - Seu Portal de Notícias Online | Veja as primeiras Notícias

Guarda prisional demitido devido a fuga de brasileiro na Pensilvânia

 


A caça ao homem de 34 anos está prestes a entrar na segunda semana, tendo mobilizado centenas de agentes da autoridade.

Oguarda prisional que estava de serviço no momento da fuga do ex-prisioneiro Danilo Sousa Cavalcante foi demitido, na tarde de quinta-feira (7). O brasileiro, que foi condenado a prisão perpétua pelo homicídio da ex-namorada, está em fuga desde 31 de agosto, dia em que conseguiu trepar uma parede da prisão estatal do condado de Chester, no estado norte-americano da Pensilvânia, e escapar.

O guarda prisional, cuja identidade não foi revelada, teria 18 anos, segundo a BBC.

A caça ao homem de 34 anos está prestes a entrar na segunda semana, tendo mobilizado centenas de agentes da autoridade. Na verdade, Cavalcante foi visto pelo menos oito vezes desde a sua fuga, mas ainda não foi capturado.

A procuradora-geral do condado de Chester, Deb Rayan, adiantou, na quinta-feira, que a família da vítima, Débora Brandão, está "aterrorizada" e sob proteção policial.

Os dois filhos da mulher de 34 anos, que foi assassinada com 38 facadas à frente das crianças, em 2021, estão ao cuidado da irmã mais nova da vítima, Sarah Brandão.

As autoridades acreditam que o homem matou Brandão depois de a mulher ter descoberto que era procurado por um homicídio de 2017, ocorrido no Brasil, tendo ameaçado divulgar a sua localização.

A polícia anunciou uma recompensa de 20 mil dólares em troca de informação que leve à captura de Cavalcante.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem