Busca Notícias - Seu Portal de Notícias Online | Veja as primeiras Notícias

Semifinalistas da Libertadores poupam no fim de semana e perdem seus jogos antes de decidirem vaga na final

 Fluminense, Internacional, Palmeiras e Boca Juniors abriram mão de seus titulares pelos campeonatos nacionais e pagaram com a derrota

Breno Lopes, pelo Palmeiras, e Samuel Xavier, pelo Fluminense: jogos de semifinalistas da Libertadores foram marcados por derrotas — Foto: Cesar Grecco/Palmeiras e Mailson Santana/Fluminense

O fim de semana que antecedeu os jogos de volta das semifinais da Libertadores chamou atenção pela forma como os times que ainda disputam a competição continental se saíram em seus compromissos nacionais: com 0% de aproveitamento. Os quatro foram derrotados. E, em todos os casos, com equipes alternativas.

As escolhas dos treinadores já eram esperadas. Ainda assim, as derrotas em série jogaram holofotes para como os campeonatos nacionais ficaram em segundo plano. Principalmente no caso do Brasileirão, torneio de três dos quatro semifinalistas, e que também está em sua reta final. Confira abaixo como cada um se saiu.

Fluminense
O tricolor, que empatou em 2 a 2 com o Internacional na última quarta-feira, no Maracanã, pôs um time 100% alternativo para o jogo contra o Cuiabá, sábado, na Arena Pantanal. O único que fora titular diante dos colorados foi Samuel Xavier. Mas ele não poderá jogar no Beira-Rio por ter que cumprir suspensão pelo cartão vermelho recebido.

O resultado foi uma derrota por 3 a 0 para o Cuiabá. Com o revés, o time de Fernando Diniz foi ultrapassado pelo Flamengo e caiu para o sexto lugar na tabela.

Internacional
O time gaúcho não fez muito diferente do que seu rival na Libertadores. Eduardo Coudet não utilizou, contra o Atlético-MG, sábado, nenhum jogador que deve ser titular no confronto de volta com o Fluminense, quarta, no Beira-Rio. Alan Patrik, Enner Valencia, Maurício, Hugo Mallo e Charles Aránguiz até entraram na etapa final. Mas não evitaram a derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG dentro de casa.

O Internacional está em situação delicada no Brasileiro. Só venceu uma partida nas últimas 13 e é o 14º na tabela, com 29 pontos. São apenas três de diferença para o primeiro do Z4.

Boca Juniors
Na Argentina não foi diferente. Depois de um empate sem gols no primeiro jogo contra o Palmeiras, na Bombonera, o Boca só repetiu o goleiro Romero no clássico contra o River Plate, pela Copa da Liga Argentina. Vale lembrar que o time reserva xeneize conta com o astro uruguaio Cavani.

Ainda assim, o Boca acabou derrotado por 2 a 0 em casa. O time é só o 10º colocado do Grupo B da Copa da Liga Argentina.

Palmeiras
O atual campeão brasileiro tinha a oportunidade de diminuir a diferença, ao menos provisoriamente, para o líder Botafogo. Mas Abel Ferreira não quis correr o risco de perder algum titular para o duelo de volta com o Boca Juniors, quinta que vem, em São Paulo, e não relacionou nenhum deles para o confronto com o Red Bull Bragantino, neste domingo.

O Palmeiras reserva tentou, mas não foi páreo para o Bragantino fora de casa. Perdeu de virada por 2 a 1 e ainda foi ultrapassado pelo rival na tabela. O time alviverde agora é o terceiro colocado no Brasileiro.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem