O fenômeno Virginia Fonseca: o início, os números, o faturamento e as polêmicas da influenciadora
Busca Notícias - Seu Portal de Notícias Online | Veja as primeiras Notícias

O fenômeno Virginia Fonseca: o início, os números, o faturamento e as polêmicas da influenciadora

 


Influenciadora é acompanhada por mais de 90 milhões de pessoas nas redes sociais

Ela é um fenômeno. Bombando nas redes sociais e sendo um dos nomes mais citados quando a questão é influência, Virginia Fonseca se consagrou como uma das personalidades mais relevantes do Brasil no meio digital. Também youtuber e empresária, ela tem sua vida e rotina acompanhada por mais de 90 milhões de seguidores.

Só no Instagram, ela acaba de alcançar a marca de 44 milhões, números que superam os de Marina Ruy Barbosa e Ivete Sangalo, por exemplo, queridinhas na rede, e está perto de ultrapassar Bruna Marquezine, outro hit por lá. Com apenas 24 anos, tem faturado alto, investindo em publicidade, em sua empresa de maquiagem e de produtos infantis.

Alguém duvida? No mês passado, Virgínia fez uma live promovendo os seus produtos de cosméticos e contou que, em 13 horas e 30 minutos de transmissão, faturou R$ 22 milhões. Não foi a primeira vez que ela alcançou o feito: em abril, ela também embolsou a mesma quantia — ao todo, foram R$ 59 milhões faturados só com três lives.

Segundo informações da revista “Forbes”, Virginia já faturou cerca de R$ 17 milhões com uma de suas linhas de perfume, em apenas três meses após o lançamento. Além disso, a influenciadora vendeu cerca de 110 mil frascos, alcançando a marca de 1.200 vendidos por dia. No início deste ano, ela revelou o faturamento da empresa em 2022: R$ 168.599.334,48. Mas, o que explica tamanho sucesso?

Nascida em Danbury, Connecticut, nos Estados Unidos, ela veio ainda pequena para o Brasil com a mãe, que é de origem brasileira. Aos 16 anos, a influenciadora começou a gravar vídeos mostrando sua lista de músicas para o YouTube e já nas primeiras produções alcançou mais de 100 mil inscritos no canal. Apaixonada por música, aos 18 anos tentou seguir carreira de DJ, mas acabou voltando a fazer vídeos de brincadeiras e desafios na internet.

Hoje, a influenciadora vive uma vida luxuosa em Goiânia, e faz questão de mostrar o dia a dia em seus perfis. O seu sucesso se deve a facilidade com que se relaciona com os fãs como se fosse amiga íntima de todos eles, fazendo com que a maioria se sintam ligados a ela, e sejam diretamente impactadas por tudo o que ela faz na internet.

O que chama atenção de seus seguidores também é a vida que construiu ao lado de Zé Felipe, um dos filhos do cantor Leonardo. Os dois começaram a se relacionar em 2020 e no ano seguinte veio a primeira filha do casal, Maria Alice, hoje com 2 anos. Depois, nasceu Maria Flor, de 11 meses. No parto da segunda filha, Virgínia lançou produtos de beleza infantil. Além disso, participa de clipes do marido e está sempre mostrando as dancinhas criadas para as músicas, divulgando o trabalho do sertanejo.


Polêmicas de Virginia
'Parcelar é chique'

Como nem tudo são flores, com o sucesso veio também as polêmicas. Durante uma live em julho deste ano, Virginia estimulou seus seguidores a irem às compras: "Sabe o que descobri recentemente? Que parcelar é chique, acredita? Não sabia. Ninguém paga no débito mais”, afirmou. A declaração não pegou bem e a influenciadora foi duramente criticada.

Topless criticado

Em abril, a empresária recebeu críticas na internet por ter feito topless numa campanha gravada em Dubai, nos Emirados Árabes. Muitos internautas consideraram que ela desrespeitou a cultura local.

Base de qualidade questionável

Em março, Virginia colocou a venda uma base que promete "qualidade de importada" cobrando o valor de R$ 200. O preço (de importada) levantou muitos questionamentos, a influenciadora foi criticada por consumidores de marcas nacionais e algumas colegas de profissão, que consideraram a afirmação ofensiva aos outros produtos feitos no país. Além disso, outra influenciadora de maquiagem fez uma resenha questionando a qualidade do produto, o que gerou uma de críticas, da embalagem com acabamento inferior ao de outras nacionais, à textura, à cobertura e, principalmente, à promessa de ser resistente à água.

Números nas redes:

Instagram: 44,3 milhões

Tiktok: 37,3 milhões

YouTube: 11,5 milhões

Veja fotos de Virgínia Fonseca e Zé Felipe



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem